Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

25
Mai18

Saúde, em primeiro lugar

Revista Saúda

 

BebeDinis_TVC4742.jpg

A dieta da Zara veio melhorar muito a sua atitude e motivação. Neste momento, para ela, esse é o grande objectivo: perder peso para melhorar a saúde. Apoio-a a 100 por cento nessa decisão e vejo uma disposição diferente, mais animada à medida que os resultados vão aparecendo. Nunca a pressionei, foi uma decisão dela. Agora só falto eu entrar também na onda.

Luís

19
Mai18

Ensinas-nos tanto...

Revista Saúda

Dinis_BebeSaudaIMG_9660.jpg

Neste primeiro ano de vida, o Dinis veio para nos brindar com as suas gracinhas e boa-disposição. Ensinou-me a viver, a cuidar de mim e, sobretudo, mostrou-me que devo valorizar-me mais por aquilo que represento para a família Mesquita Furtado. A depressão pós-parto fez-me crescer emocionalmente e obrigou a olhar por mim. Ensinou-me que devemos agradecer cada dia de vida e, sobretudo, que todos merecemos parar pelo menos 30 minutos, por dia, para contemplar o que nos rodeia e amar as mais pequenas coisas da vida.

Zara

15
Mai18

Falar ou andar: eis a questão

Revista Saúda

O Dinis já diz algumas palavrinhas. Aos 10 meses disse: «olá» e, logo a seguir, «mamã». Aos 11 meses disse «pa» (pai), «áua» (água). A «baba» é a chupeta. Quando quer dizer «dá cá» pronuncia «tá tá». Começou a gatinhar no dia 18 de Março (uma prendinha antecipada do dia do Pai) e agora tenta iniciar a marcha agarrado com apenas uma mão. Faz pequenas investidas a pé, sem medo, de um sítio para outro, mas não se aguenta sem apoio, cai logo ao chão. Na escola anda bem agarrado a um cubo gigante. Acho mesmo que deve estar quase, quase a iniciar a marcha. Com o nosso Dinis tudo é uma agradável surpresa.

Zara

08
Mai18

A mais bela fonte de inspiração: vocês

Revista Saúda

 

 

BebeSauda_TVC6173.jpg

Na semana anterior ao meu aniversário decidi ingressar numa dieta rigorosa prescrita pela minha dietista da Farmácia Amparo. Uns dias antes tinha visto na televisão exemplos de mães que, como eu, tiveram depressões pós-parto e sofreram de compulsão alimentar. Revi-me nessas histórias. Dias dias depois fui passear até ao Carvoeiro com duas amigas e aconteceu que uma delas tirou-me fotografias. Ao ver as imagens no ecrã do computador fiquei a pensar na dimensão do meu corpo... 

Por acaso deparei-me com um anúncio ao balcão da farmácia sobre consultas de nutrição. Senti que aquele era mais um sinal, como se o destino me estivesse a dizer: «precisas perder peso, pela tua saúde e pelo bem-estar dos teus filhos». Decidi, então, marcar uma consulta.

O plano nutricional que a dietista me prescreveu implica não comer alimentos como batata, arroz, massas, fritos, entre muitos outros cuidados. Ao longo do dia faço sete refeições e bebo três litros de água. Já perdi cinco quilos.

Todas as semanas tenho um plano alimentar diferente. Neste processo os meus filhos são a minha maior inspiração, pois nos últimos meses já me cansava muito a cuidar deles e a andar e correr atrás do Miguel. Sentia o meu corpo fraquejar pela falta de energia. Com a depressão refugiava-me muito nos alimentos doces e açucarados.

Quero que os meus filhos sintam orgulho em mim por ser uma mãe com energia e vitalidade para brincar com eles. E, sobretudo quero que o Dinis e o Miguel vejam que a mãe é feliz por ser saudável. Quando pergunto ao Miguel se a mãe é gorda ou magra, ele responde: «A mãe é gorda». E eu, como devem calcular, não gosto de ouvir essa verdade.
Zara

05
Mai18

Amo ser mãe

Revista Saúda

BebeSauda_TVC6013.jpg

 Ser mãe é viver todos os dias a mil à hora tentando, a todo o custo, dar aos meus filhos o máximo de atenção proporcionando-lhes muitos momentos de brincadeira e aprendizagens novas.Ser mãe é ter tempo para prestar os cuidados mais básicos aos meus filhos (banho, ajudar a vestir, auxiliar nas refeições, cuidar quando adoecem, amamentar) mas, sobretudo, fazê-los felizes no mundinho deles onde nascem autênticos piratas, heróis da plasticina, castelos de legos e torneios de futebol.

Ser mãe é preocupar-me com o meu bem-estar físico/emocional para transmitir aos meus filhos uma vida harmoniosa e pacífica.Como mãe tornei-me uma pessoa muito mais tolerante e compreensiva. Mas, sobretudo, muito mais consciente no que diz respeito às regras familiares e à educação parental. Amo ser Mãe, é a minha profissão.

Zara

01
Mai18

Sabores adocicados é com ele!

Revista Saúda

 

Dinis_BebeSaudaIMG_7896.jpg

O Dinis é um menino que gosta de alimentos com palatos adocicados. As sopas que lhe preparo, por exemplo, têm sempre de ser enriquecidas com legumes como cenoura, abóbora e cebola. O peixe, por sua vez, é algo que também come bem, se for envolvido com legumes como batata, cenoura e brócolos.
Por outro lado, o nosso pequenino é muito adepto de papas de vários sabores e, de preferência, com glúten. Adora iogurtes e fruta, especialmente banana, maçã e pêra. Na escola já experimentou manga, papaia e abacate. Delicia-se especialmente quando misturadas com o iogurte.
Até agora não nos apercebemos de nenhum alimento que o Dinis não goste. Reparámos, sim, que ele come muito bem e até bem melhor que o mano Miguel que, quando era bebé, não comia nada em casa e só na escola. 

Zara

29
Abr18

Barulho e ruído...

Revista Saúda

 

Numa fase em que já interage bastante com a atmosfera à volta dele, o Dinis tem revelado algum receio a sons mais agudos. Se for um som mais forte ele assusta-se. E apercebemo-nos também que com alguns animais com os quais não está familiarizado ele reage. Faz beicinho e depois chora um bocadinho. Em relação à campainha de casa acho que está habituado ao som e não estranha.

Zara

Dinis_BebeSauda_X3A6359.jpg

 

O Dinis alarma-se com aqueles sons mais inesperados. Um som brusco e agudo. Aquele tipo de som que até a nós adultos nos assusta. Ele tem medo desses sons mais fortes, com alguma intensidade. Até porque toda esta banda sonora do quotidiano é um mundo novo para ele. 

Luís

  

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D