Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

17
Abr19

"Professor" Miguel

Revista Saúda

professor Miguel.jpg

Incentivei mais a evolução do Miguel do que a do Dinis. Por exemplo, na linguagem. Com o Dinis tenho menos disponibilidade, porque já é o segundo filho. Mas agora é preciso intervir menos porque o irmão é quase um professor para ele. Para o Dinis, o Miguel é um estímulo e um exemplo. É quase um ídolo. Ele está sempre a observar como o mano se porta, como brinca, como faz certas tarefas. E, claro, vai imitando o irmão.

Zara

16
Abr19

Era uma vez...

Revista Saúda

 

Com a Primavera, vamos tentar desfraldar o Rodrigo. O ‘pitó’, o nome que damos ao bacio no Fundão, está na casa de banho e ele já diz que é para o cocó. Ele senta-se e acha piada. Já começa a fingir que está a fazer força mas, até agora, nunca fez nem chichi nem cocó. A Margarida anda toda entusiasmada com a situação e gosta de ir buscar livros e contar histórias ao irmão, enquanto ele está no ‘pitó’, na esperança de que algo aconteça. Vamos ver como corre.

16
Abr19

Prioridades

Revista Saúda

 

margarida_43.JPG

 

A Margarida já fala imenso. «Eu quelo» e «não conxigo» são as expressões mais usadas no momento. Ela já tem um vocabulário bastante extenso. Nós falamos muito com os nossos filhos. O irmão também começou a falar muito cedo, fala muito bem e acho que é uma boa influência para a Margarida. É giro ver que ela todos os dias vem com uma palavra nova.  Mal acorda começa a chamar pelo mano. Penso que a palavra mais dita por ela é mano. Com excepção para a palavra mamã que é a que está no pódio das preferências.

Ana 

14
Abr19

Que crescido!

Revista Saúda

Dinis 2 anos.jpg

No dia 12, o Dinis fez dois anos. Calhou a uma sexta-feira e, por isso, a festa foi na escola, com um bolo partilhado com os amigos. Ele já se entusiasma com estas celebrações, habituou-se com as festas dos colegas.
O tempo passou a correr! A partir dos dois anos há muitas mudanças, a nível comportamental e de autonomia. Notamos como o Dinis quer ser mais independente e fazer as coisas sozinho, mesmo que muitas vezes ainda não consiga.

Zara e Luís

12
Abr19

Chapéus há muitos...

Revista Saúda

 

De vez em quando fazemos este tipo de programas, principalmente quando não está sol, quando não podemos ir ao parque ou estar na rua com os miúdos. Então decidimos vir cá hoje. Achámos que era o plano ideal porque está a chover imenso. E pensámos: porque não visitar o Museu da Chapelaria?

 * O projecto Bebés Saúda agradece ao Museu da Chapelaria de São João da Madeira a disponibilidade e simpatia 

10
Abr19

Vontade de trabalhar

Revista Saúda

zara trabalho.jpg

O estágio que fiz, no seguimento do curso de Auxiliar de Farmácia, correu muito bem. Gosto muito desta área da farmácia: poder ajudar os outros, ouvir, aconselhar. Num balcão de farmácia poderei usar o que estudei na área da psicologia, gerontologia e, agora, da farmácia. É uma área que me fascina!
Tenho muita vontade que aconteça e estou só à espera de algumas decisões familiares para poder ingressar no mercado de trabalho. Não vai ser na farmácia onde estagiei, e onde trabalha o Luís, mas na outra farmácia da família.

Zara

08
Abr19

Quase sem fralda

Revista Saúda

 

 

 

margarida_23.JPG

 

Apesar de ainda não ter dois anos a Margarida está a começar o desfralde. Já anda com uma cueca fralda porque é um dos passos a seguir para se habituar a baixar e a puxar sozinha.  Esse movimento é importante. Ela já pede para ir ao pote. Está a ser muito mais rápido do que achávamos que seria. Durante a noite continua de fralda. Ainda não nos expusemos ao risco de andar a mudar lençóis a meio da noite. Ou seja, não assumimos completamente a coisa de que vamos tirar a fralda. Mas está para breve, não lhe damos um mês para nos libertamos todos destes trabalhos.  

Ana e Daniel 

07
Abr19

Minha querida chupeta

Revista Saúda

dinis chupeta.jpg

Quase a fazer dois anos, o Dinis está cada vez mais autónomo. Mas ainda não largou a chupeta. Na escola consegue viver sem ela, mas em casa nem por isso. A chupeta é um pequeno consolo que tem, quando acontece alguma coisa menos boa, se tem sono ou faz uma birra. Já devíamos tê-la tirado, mas nem sabemos quando vamos fazê-lo. Esta é uma fase de grandes desafios. Temos o desmame, o desfralde… Tem de ser uma coisa de cada vez.

Zara e Luís

 

 

05
Abr19

A hora do bolo

Revista Saúda

 

margarida_30.JPG

 

Não sou de fazer bolos, mas faço um de laranja que a mãe do Daniel me ensinou. Sigo à risca as instruções e é um momento divertido com os miúdos. Partem os ovos, gostam de mexer na massa. É a parte favorita. Acho que eles pensam que estão a mexer num género de plasticina doce, por isso é-lhes permitido pôr na boca. Temos repetido este ritual algumas vezes. Quando resulta bem, cada cozinheiro tem direito a uma fatia de bolo. O Daniel costuma brincar que estamos proibidos pelo médico de fazer mais do que um por semestre. Aqui para nós, estamos sempre a transgredir.   

 Ana    

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D