Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

20
Nov19

A nossa tagarela

Revista Saúda

 

13margarida_.JPG

A Margarida arranja sempre maneira de fazer amizades estejamos em férias, num restaurante, no shopping ou no café.

É uma miúda extrovertida e brincalhona e assim que vê uma criança por perto não descansa enquanto não mete conversa. Num piscar de olhos, lá está ela a brincar e de mão dada com o novo amiguinho.

É uma tagarela: fala sempre muito com as crianças com quem se cruza e até mesmo com quem não diz rigorosamente nada. Perguntamo-nos se não falam porque não sabem ou porque a nossa filha não se cala. O meu palpite vai para a última hipótese.

Ana

10
Nov19

Tento na língua

Revista Saúda

 

_DSF3465.jpg

No outro dia, enquanto conduzia, fiz uma travagem mais brusca no carro e disse: - «Ai, caraças!». Ao ouvir-me, o Rodrigo começou a repetir o que eu tinha dito. - «Ai caraças, ai caraças!», dizia ele. Não há dúvida de que temos mesmo de ter cuidado com o que dizemos. Ele é um verdadeiro papagaio e repete tudo o que falamos.

Diogo

02
Nov19

- «Mas, mas...»

Revista Saúda

 

_DSF3716.jpg

O Rodrigo tem dois anos e quatro meses e, para nós, esta é sem dúvida a fase do testing Two. Nestas semanas em particular não tem parado de dizer a palavra «mas». Tanto diz «mas eu quero…» como «mas eu faço…». Por outro lado, testa-nos porque repete tudo aquilo que dizemos no fim das frases (risos). Embora às vezes confunda os tempos verbais já é capaz de descrever o que lhe acontece. É uma fase muito engraçada, de muita conversa, partilha e muitos desafios.

Ana e Diogo

16
Ago19

"Xim", mãe

Revista Saúda

 

A palavra preferida do Rodrigo era "não". Agora, diz muitas vezes "xim". Já conseguimos conversar com ele, tem bastante vocabulário e é muito engraçado. Ele percebe tudo o que lhe dizemos e relaciona as coisas. É uma fase fantástica. Ainda no outro dia lhe coloquei o boné ao contrário e ele disse: "Não é axim o né", e tirou-o. Eu coloquei bem e perguntei: “É assim, então?”, e ele respondeu: "Xim, mãe".

05
Ago19

De bebé a criança

Revista Saúda

2.jpeg

 

O Rodrigo é uma fonte de energia. Desde os 18 meses, tem tido um pico de crescimento, quer físico quer na linguagem e no desenvolvimento motor. É um gosto vê-lo crescer de forma saudável. Quando olho para ele, vejo que já não é um bebé. Mais parece um papagaio a repetir tudo o que eu digo. Fala bastante, acha piada e ri-se que nem um "tolo". Também adora brincar aos jogos de faz de conta, tanto sozinho como com a irmã.

 

Hugo

28
Mai19

Irmãos muito diferentes

Revista Saúda

BBSauda_Dinis22_BR.jpg

Durante um tempo estranhei que o desenvolvimento do Dinis em relação à linguagem fosse tão diferente do que se passou com o Miguel. Fiquei mesmo bastante apreensiva. O Miguel começou a falar muito cedo. Aos 18 meses já contava até dez e com menos de dois anos lia as matrículas dos carros. Sempre evoluiu muito rápido, ainda hoje. Já lê e escreve.
Mesmo tendo noção de que o Miguel era muito precoce na linguagem, fazia-me confusão que o Dinis não dissesse rigorosamente nada, tendo bem mais de um ano. Cheguei mesmo a falar com a educadora do Dinis sobre isto. Depois começámos a perceber que o Dinis é um menino muito mais físico, ele gosta é de correr, encaixar, construir coisas. O Miguel sempre foi mais intelectual. Deixei de me preocupar tanto. Entretanto ele começou a falar e agora já diz umas palavras.
 
Zara
 
 
26
Mar19

Um rapaz inteligente

Revista Saúda

2.jpeg

 

Quando olho para o Rodrigo com 18 meses, e penso no seu desenvolvimento motor, social e emocional, tenho tendência a compará-lo com o da Margarida. Eles são bastante diferentes: o Rodrigo é muito mais perspicaz. É espertalhão, percebe tudo o que lhe dizemos e faz o que mandamos. É também mais aventureiro: sobe para o sofá, sobe as escadas, para os bancos, imita a irmã em quase tudo. Mas a Margarida estava muito mais desenvolvida na linguagem. Com a idade dele, dizia muitas palavras e tinha inclusive um discurso perceptível. Até dizia "hello" e "good bye"!

Vera

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D