Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

20
Nov18

Comboio humano

Revista Saúda

comboio.jpg

 

O Rodrigo sente-se seguro quando está apoiado e agarra-se às costas da irmã. E lá andam eles pela casa fora a apitar como se fossem um comboio em miniatura. Esta brincadeira tem variações, pode ser feita como se ela fosse o seu cavalinho. Ou então vão buscar um dos carros da Margarida. Ela tem prazer em entreter o irmão.

Vera

20
Nov18

Treinar a motricidade fina

Revista Saúda

 

 

 

 

Eu gosto de seguir alguns blogues e instagrams de outros pais para me inspirar com novas brincadeiras ou receitas e foi assim que vi uma brincadeira bastante simples, mas muito eficaz para promover a motricidade fina. A brincadeira consiste em colocar palitos dentro de um copo com uma entrada pequenina. É algo que o bebé deve fazer apenas acompanhado por um adulto, já que os palitos podem ser perigosos. Mas é muito bom para treinar movimentos de precisão e o Rodrigo adora! Às vezes as brincadeiras estão diante dos nossos olhos e não são precisos de brinquedos sofisticados e caros para fazer o seu efeito. E vocês têm algum exemplo de actividades sem "brinquedos" tradicionais?

Fico à espera da partilha.

 

Ana

 

17
Nov18

Promover a concentração

Revista Saúda

 

 

De forma promover a autonomia durante as brincadeiras comprámos uma mesa e cadeira para o tamanho do Rodrigo. Ele tem adorado brincar na sua mesinha. Temos também privilegiado brinquedos que tenham componentes que promovem a concentração já que é algo que consideramos importante que ele comece a desenvolver desde cedo. É claro que é sempre um desafio que dure mais do que uns segundos e é muito divertido ver as suas reacções.

Diogo

14
Nov18

A apanha das castanhas

Revista Saúda

castanhas.JPG

 

O Sol ainda brilha e os “ouriços” já abriram. Viver no campo permite-lhes chegar da escola e ir apanhar folhas e castanhas para celebrar a chegada do Outono. O Rodrigo adorou o toque da castanha, mas estranhou o sabor depois de cozinhada. A Margarida, uma verdadeira aventureira, abriu ouriços, tirou a castanha, apanhou folhas, fez colagens, comeu as castanhas e gritou bem alto, "Finalmente chegou o Outono!". E assim se vive feliz no campo.

Vera

13
Nov18

A chuva não impede brincadeiras na rua

Revista Saúda

 

IMG-20181015-WA0002.jpg

 

Chegou o Outono, a chuva parece ter vindo para ficar, mas isso não nos impede de ir brincar para o exterior. Bem protegido com uma capa para a chuva e galochas o Rodrigo tem saído à rua na mesma, pois isso também lhe mostra que podemos continuar a fazer nossa "vida" mesmo que o tempo esteja pior (se não fosse assim coitados dos bebés dos países nórdicos...).

Depois de cada chuvada é vê-lo todo contente a brincar com água, poças e ramos caídos. Afinal o mau tempo também pode ser uma oportunidade de diversão.

Ana

 

 

11
Nov18

Já ninguém o pára

Revista Saúda

 

 

Como todas as crianças, o Rodrigo começou a andar agarrado a tudo e depois começou a soltar-se. Quando demos por ele já fazia grandes caminhadas. Neste momento ninguém o pára. Anda sempre de um lado para o outro. Ganhou esta autonomia com apenas 13 meses. É todo destemido e tudo o que vê no caminho serve de bola como se pode ver no vídeo. Desta vez foi um garrafão de água vazio.

Vera 

08
Nov18

Regresso do pai ao trabalho

Revista Saúda

 

 

 

20180914_190341.jpg

 

Com a chegada do Outono chegou também a minha altura de regressar ao trabalho. Tenho de admitir que foi um momento que me custou um bocado porque estive 9 meses ininterruptos com o Rodrigo (com excepção de um ou outro fim de semana que ficou com os avós).

Uma vez que optámos por não colocar o Rodrigo numa creche este ano e os avós ainda trabalham, decidimos contratar uma pessoa, a Mariana, para ficar a tomar conta dele e ajudá-lo no seu desenvolvimento. 

Para preparar o meu regresso ao trabalho, fui deixando o Rodrigo sozinho com a Mariana, primeiro por períodos curtos, que foram aumentando até ficar o dia todo. 

O meu primeiro dia de trabalho acabou por correr bastante bem, mas para isso ajudou bastante a partilha de fotos e vídeos do Rodrigo pelo telefone e o regresso a casa ainda a tempo de dar um passeio de final de tarde!

 Diogo

 

07
Nov18

Férias, o balanço

Revista Saúda

férias_rodrigo.jpg

 

O ano de 2018 foi mais calmo no que respeita a incêndios florestais tornando possível rentabilizar bem os dias de férias e folgas e aproveitar o Verão. As primeiras férias do Rodrigo foram piscina, praia, rio e lazer. Um misto de felicidade e de risadas. Foi bom.

Em 2019 haverá mais. Para já brincamos no espaço verde de casa e nos parques da cidade, enquanto o tempo o permitir.

Vera

05
Nov18

Último dia de praia

Revista Saúda

20181006_113510.jpg

 

Aproveitámos os primeiros dias de Outubro para passar um fim de semana prolongado na zona de Tavira e fomos surpreendidos por um tempo maravilhoso. O Rodrigo normalmente não gosta muito de ir tomar banho na praia porque acha a água fria, mas como estava a 26º tomou a iniciativa de entrar na água para nossa grande surpresa. Embora já estivéssemos no Outono, soube-nos a Verão.

 Ana

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D