Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

22
Jul19

Abracinhos e beijinhos

Revista Saúda

IMG_20190505_114915.jpg

 

A Margarida é um amor com o Rodrigo, muito protectora. A maturidade é evidente, e adoro quando o chama de "Rodrigo" em vez de "Rodigo". Nele também é bastante visível o amor pelas manas, principalmente quando agarra as fotos dos três e abraça dizendo "manas”. Tem tanto de amor como de travessura: de vez em quando, também puxa o cabelo e morde na irmã.

 

Vera

09
Jul19

O Contador de histórias

Revista Saúda

mrf19032600058.jpg

 

Aproximam-se os dois anos e o Rodrigo já começa a fazer pequenas frases. Diz " Não! Não! Ai! Bem, bem Mãe!” Mas mais engraçado nesta fase é ele contar as histórias à irmã. Puxa-lhe pela mão leva-a para o quarto dela, deitam-se os dois na cama e pede um livro de histórias. Depois começa a folhear as folhas e a contar: "O pai e a mãe, a mana, o cão... fage ão ão", depois vai dizendo as imagens que vê no livro mais uma série de palavras soltas. Algumas ainda são imperceptíveis. Não é tão comunicador como a irmã mas com o tempo chega lá.


Hugo

28
Mai19

Irmãos muito diferentes

Revista Saúda

BBSauda_Dinis22_BR.jpg

Durante um tempo estranhei que o desenvolvimento do Dinis em relação à linguagem fosse tão diferente do que se passou com o Miguel. Fiquei mesmo bastante apreensiva. O Miguel começou a falar muito cedo. Aos 18 meses já contava até dez e com menos de dois anos lia as matrículas dos carros. Sempre evoluiu muito rápido, ainda hoje. Já lê e escreve.
Mesmo tendo noção de que o Miguel era muito precoce na linguagem, fazia-me confusão que o Dinis não dissesse rigorosamente nada, tendo bem mais de um ano. Cheguei mesmo a falar com a educadora do Dinis sobre isto. Depois começámos a perceber que o Dinis é um menino muito mais físico, ele gosta é de correr, encaixar, construir coisas. O Miguel sempre foi mais intelectual. Deixei de me preocupar tanto. Entretanto ele começou a falar e agora já diz umas palavras.
 
Zara
 
 
17
Abr19

"Professor" Miguel

Revista Saúda

professor Miguel.jpg

Incentivei mais a evolução do Miguel do que a do Dinis. Por exemplo, na linguagem. Com o Dinis tenho menos disponibilidade, porque já é o segundo filho. Mas agora é preciso intervir menos porque o irmão é quase um professor para ele. Para o Dinis, o Miguel é um estímulo e um exemplo. É quase um ídolo. Ele está sempre a observar como o mano se porta, como brinca, como faz certas tarefas. E, claro, vai imitando o irmão.

Zara

26
Mar19

Um rapaz inteligente

Revista Saúda

2.jpeg

 

Quando olho para o Rodrigo com 18 meses, e penso no seu desenvolvimento motor, social e emocional, tenho tendência a compará-lo com o da Margarida. Eles são bastante diferentes: o Rodrigo é muito mais perspicaz. É espertalhão, percebe tudo o que lhe dizemos e faz o que mandamos. É também mais aventureiro: sobe para o sofá, sobe as escadas, para os bancos, imita a irmã em quase tudo. Mas a Margarida estava muito mais desenvolvida na linguagem. Com a idade dele, dizia muitas palavras e tinha inclusive um discurso perceptível. Até dizia "hello" e "good bye"!

Vera

09
Mar19

Fomos ao circo

Revista Saúda

collagemaker_2019221232116207.jpg

 

Num domingo solarengo, o circo veio à cidade. Estava sozinha em casa com os pequeninos e decidi fazer-lhes uma surpresa. A reacção deles foi muito gira. Assim que viu a tenda, a Margarida começou a pular e a gritar bem alto: “Circo, circo, vamos ao circo!”. Curioso, o Rodrigo franziu as sobrancelhas. Agarrou-se ao meu pescoço com ar de quem estava a pensar: “O que é isto?” Mal o sentei, começou a bater as palmas ao som da música. Durante todo o espectáculo, manteve-se atento aos malabaristas e aos palhaços. E adorou ver as meninas suspensas lá no alto. Estava sempre a chamá-las. Também chamava os cães que os vieram cumprimentar e procurar pipocas. Foi um dia muito divertido!

 

Vera

 

26
Fev19

Cada criança, um ritmo diferente

Revista Saúda

DSC08170.JPG

 

A Margarida desde muito cedo comunicou muito bem. Dizia tudo direitinho, com a idade do Rodrigo dizia imensas coisas e sabia os sons dos animais quase todos. O Rodrigo é mais preguiçoso. Adora fazer castelos com os legos, colocar as peças geométricas nos sítios certos, mas também agarra em livros e folheia-os como se estivesse a contar uma história, identifica alguns animais e imita os sons. De facto, nunca se pode comparar duas crianças que cada uma tem o seu ritmo.

 

Vera

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D