Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

16
Set18

Férias: o que é isso?

Revista Saúda

IMG_20180823_103206.jpg

Depois de ser mãe nunca mais soube o que eram férias. Ser mãe (ou pai) é algo muito bom e, como se costuma dizer, é mesmo o melhor do mundo. Mas também é muito trabalhoso, exasperante e desgastante. Quando não se tem filhos nas férias é só levantar, vestir qualquer coisa, tomar o pequeno-almoço e ir para a praia o dia inteiro. Com filhos é bem diferente: é preciso dar pequenos almoços, não esquecer o protector solar, os chapéus e ainda preparar uma mochila com mudas de roupa, brinquedos, fraldas e lanches.
A juntar a tudo isto: verificar, mentalmente, duas (ou três ou quatro) vezes se não nos esquecemos de nada.
Mas sabem que mais? As caritas risonhas e os gritos de alegria e a excitação compensam tudo. Sempre.

Ana

 

12
Set18

Mais Verão, menos açúcar

Revista Saúda

BebeDinis_TVC4552.jpg

Cá por casa temos sempre a preocupação de controlar os doces e as comidas açucaradas até porque temos os nossos quilinhos a mais. Tentamos ao máximo evitar que o Dinis e o Miguel comam coisas menos saudáveis, mas nem sempre isso é fácil. Tentamos que comer um gelado ou a bola de berlim na praia seja excepcional. Procuramos seguir outras alternativas alimentares: bolachinhas ou biscoitos sem açúcar, ou gelados caseiros feitos à base de iogurtes e frutas.


Luís

22
Jun18

A primeira mala de viagem do bebé

Revista Saúda

IMG_5849.jpg

Aproximam-se as primeiras férias do bebé e há produtos que não podem faltar na mala:


- Repelente adequado à idade da criança e/ou uma rede mosquiteira, para proteger contra as picadas dos insectos;
- Protector solar mineral, óculos escuros e chapéu de aba larga;
-Água termal para hidratar, aliviar e proteger a pele frágil do bebé nos dias de maior calor;
- Creme hidratante rosto e corpo para aplicar depois da exposição solar;
- Creme de arnica para eventuais nódoas negras; 
- Desinfectante e pensos rápidos para as feridas;

Boas férias e lembre-se que o importante é descomplicar!

 

Luísa Leal, Farmacêutica

www.afarmacêutica.pt

07
Nov17

As nossas primeiras férias

Revista Saúda

 

IMG_0475.JPG

As nossas primeiras férias foram espectaculares! Foram momentos extremamente felizes. As primeiras gargalhadas que o Rodrigo deu foram dadas durante a viagem. Estes dias foram mesmo muito bons. Fomos à praia, passeámos e visitámos várias cidades. Estivemos no Algarve e Andaluzia. Visitámos Sevilha, Córdoba, Granada, entre outros sítios. Para o ano, é bastante provável que façamos a primeira viagem de avião com o Rodrigo. Aos pais que gostam de viajar deixamos uma dica: utilizem babywearing. É mais prático para viajar do que usar o carrinho. Tivemos de férias durante duas semanas e nunca utilizámos o carrinho, nem por um minuto! Só ocupou espaço na bagageira que, felizmente, era grande. Durante estes dias fizemos combinação de babywearing com a espreguiçadeira.Quando estávamos a jantar ou a tomar o pequeno-almoço ele ficava na espreguiçadeira, e depois usávamos as mochilas para andar a visitar as aldeias e a fazer os passeios.

Ana e Diogo

20
Set17

Família, aqui vamos nós!

Revista Saúda

 BebeDinis_TVC4577.jpg

Está decidido: vamos fazer viagem até ao Norte! Vamos até ao Porto, Famalicão, Braga. Eu e a Zara decidimos que este ano vamos fazer uma visita à família dela. Esta ideia de lá irmos é algo que já tínhamos como projecto a realizar já há algum tempo. Deste ano não passa, vamos fazer as malas e rumar ao Norte. Normalmente é ao contrário, são os familiares do Norte que rumam até ao sul. Desta vez, vamos encher o carro de tralhas típicas de uma família com crianças e lá vamos nós conhecer todas essas zonas e familiares. Vai ser um reencontro muito bom porque alguns familiares não só não conhecem o nosso filho Dinis como também não conhecem o Miguel.

Luís

12
Set17

Casa vazia, que estranho...

Revista Saúda

mrf20170411_MG_893000013.jpg

Fiquei sozinho cá em casa, as minhas obrigações laborais não me deixaram ir com os meninos e a Zara de férias. Foi estranho… Foi estranho ter, de repente, uma casa vazia. Está sempre cheia de brincadeiras, desarrumada, com o caos normal de uma família com dois filhos. De repente estar ali diante de uma casa em silêncio, com coisas arrumadas…foi estranho sentir isso. Deu para recuperar energias e dormi umas noites tranquilo, mas, sinceramente, fica sempre um sentimento de que me falta alguma coisa. A casa não é a mesma sem a família toda. Quando a casa não tem ninguém é um pouco estranho.

Luís

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D