Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

10
Out19

Gosto muito de desenhar o pai

Revista Saúda

Gosto muito de desenhar o pai.jpg

O Rodrigo gosta muito de fazer desenhos. A Margarida sempre gostou muito de fazer desenhos e ele copia tudo o que a irmã faz. Assimila os conceitos de pai e carro e tenta fazer uns desenhos parecidos com um carro e o pai. Agora como estou em casa, ele desenha-me mais. Mostra a necessidade de estar com o pai nos desenhos. É muito engraçado.

Hugo

27
Set19

É bom estar em casa

Revista Saúda

hugo e os babes.jpg

 

Estou de baixa por causa de um problema no joelho. Este regresso ao lar tem sido um misto de sensações. Estou habituado a estar activo e mais tempo fora de casa. Vai enriquecer-me enquanto pai. E tem sido extremamente motivador estar com eles mais tempo, nomeadamente à noite. Com a presença do pai, o Rodrigo torna-se mais responsável. Não sei se é o tom de voz, a presença do pai ser mais autoritária… Mas a verdade é que muda.

 

Hugo

10
Set19

Férias e surpresas

Revista Saúda

IMG_20190620_113450.jpg

 

Fomos passar uma semana de férias a Sesimbra. Passámos momentos muito divertidos em família. Os pequenos adoraram a surpresa que lhes fizemos: ver os golfinhos no Rio Sado de barco. O Rodrigo adormeceu durante a viagem, mas a Margarida estava muito entusiasmada e fazia uns barulhos semelhantes aos dos golfinhos. Quando se aproximavam do barco, só ria e dizia: «Estou tão feliz. Obrigada, mãe e pai!» Para a ver assim tão alegre, valeu a pena. O Rodrigo ainda acordou a tempo de ver os golfinhos. Ficou muito sério a olhar até começar a chamá-los e a dizer: «Mãe, “oto”». Foram umas férias espectaculares.

 

Vera

30
Ago19

O piquenique em família

Revista Saúda

9.jpeg

 

Com o Verão, vêm os imigrantes. A minha cunhada (irmã do Hugo) chegou no dia 10 de Julho. No Domingo, fizemos um piquenique no Parque do Convento. Foi um dia muito bem passado. O meu afilhado tem cinco anos, então foi uma animação. Os miúdos brincaram, fizeram caminhadas, jogaram à bola, entre muitas outras brincadeiras. No final do dia, tomaram banho, jantaram e dormiram a noite toda, pois brincar também cansa.

 

Vera 

05
Ago19

De bebé a criança

Revista Saúda

2.jpeg

 

O Rodrigo é uma fonte de energia. Desde os 18 meses, tem tido um pico de crescimento, quer físico quer na linguagem e no desenvolvimento motor. É um gosto vê-lo crescer de forma saudável. Quando olho para ele, vejo que já não é um bebé. Mais parece um papagaio a repetir tudo o que eu digo. Fala bastante, acha piada e ri-se que nem um "tolo". Também adora brincar aos jogos de faz de conta, tanto sozinho como com a irmã.

 

Hugo

09
Jul19

O Contador de histórias

Revista Saúda

mrf19032600058.jpg

 

Aproximam-se os dois anos e o Rodrigo já começa a fazer pequenas frases. Diz " Não! Não! Ai! Bem, bem Mãe!” Mas mais engraçado nesta fase é ele contar as histórias à irmã. Puxa-lhe pela mão leva-a para o quarto dela, deitam-se os dois na cama e pede um livro de histórias. Depois começa a folhear as folhas e a contar: "O pai e a mãe, a mana, o cão... fage ão ão", depois vai dizendo as imagens que vê no livro mais uma série de palavras soltas. Algumas ainda são imperceptíveis. Não é tão comunicador como a irmã mas com o tempo chega lá.


Hugo

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D