Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

18
Jun19

Conhecer os animais da quinta

Revista Saúda

mrf19032600072.jpg

 

No Fundão há uma quinta pedagógica com animais, canteiros com algumas flores, ervas aromáticas, com cultivo também. É simpático. Eles aprendem a fazer pão. A Margarida já conhecia, o Rodrigo foi agora pela primeira vez. Ele ficou muito admirado com os cavalos, o bode, até os cães. É fantástico para os miúdos.

 

Vera

08
Jun19

Eu sou capaz sozinho!

Revista Saúda

mrf19032500001.jpg

 

O Rodrigo continua a ser um menino de muito alimento, e de autonomia acima de tudo. Ele quer comer sozinho. Tudo o que seja comida, tem de ser grande, não pode ser desfiado nem triturado, tem de ter consistência para ele poder agarrar e dominar. Agora até abre os iogurtes mete a colher e come sozinho.

 

Vera

27
Abr19

“Olha eu a fazer coisas que não posso”

Revista Saúda

mrf19032500008.jpg

 

Já conseguimos perceber o temperamento do Rodrigo. Sabe o que faz bem e mal, distinguir o que os pais acham estar bem ou mal e brincar com isso. Tem um ar de gozão. Também já nos coloca à prova muitas vezes. Faz muitas coisas que sabe que não pode mas faz na mesma, só para ver a reacção dos pais.

 

Hugo

20
Abr19

À descoberta do mundo

Revista Saúda

mrf19032500024.jpg

 

O Rodrigo está numa fase muito bonita. É muito observador, gosta de descobrir, imitar tudo o que a irmã faz, eu, o pai… Também já sabe mais palavras. Agora chama o Zé, o melhor amigo. Chama a avó, o panda. Adora o panda! Quando se despede, diz adeus com as duas mãos a toda a gente. Faz “xau”, com uma alegria contagiante. É bom acompanhar o crescimento dele.

Vera

16
Abr19

Era uma vez...

Revista Saúda

 

Com a Primavera, vamos tentar desfraldar o Rodrigo. O ‘pitó’, o nome que damos ao bacio no Fundão, está na casa de banho e ele já diz que é para o cocó. Ele senta-se e acha piada. Já começa a fingir que está a fazer força mas, até agora, nunca fez nem chichi nem cocó. A Margarida anda toda entusiasmada com a situação e gosta de ir buscar livros e contar histórias ao irmão, enquanto ele está no ‘pitó’, na esperança de que algo aconteça. Vamos ver como corre.

02
Abr19

Comida? Só inteira!

Revista Saúda

1.jpeg

 

O Rodrigo bebeu pelo biberão muito poucas vezes. Desde muito pequeno, mostrou bastante autonomia à refeição. Aos 18 meses, sinto que está a crescer e a desenvolver-se muito bem: já não quer o biberão, prefere um copo com palhinha. Também não quer o frango desfiado mas uma perna de frango na mão. E já prefere uma peça de fruta para roer, não a quer cortada. Se insisto, exclama logo: "Não. Dar de comer ao Rodrigo, nem pensar, eu já sou crescido.” O único problema é o estado em que a cozinha fica às vezes. Ainda por cima, quando é repreendido por deitar a comida para o chão, resmunga. Então, vamos deixar comer o nosso pequenote. Ele ainda está a aprender.

Hugo e Vera

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D