Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

12
Out19

Sobre encontros

Revista Saúda

2771b8d5-917f-4187-827e-cc9645c39c1a.JPG

O Dido e a Maria vivem a 300km de distância, mas quando conseguimos juntamos os dois, ou cá ou lá.

Porque temos formas parecidas de ver a parentalidade e gostávamos muito de os ver construir uma amizade.

Porque rimo-nos sempre ao ver que a vergonha do reencontro se transforma rapidamente em cumplicidade.

Porque a Maria come TUDO e o Dido é menino para acompanhar essa pedalada.

Porque falam que é uma maravilha e são os dois meios desajeitados na parte motora.

Porque os nossos filhos aprenderam a lidar com pais que gostam MUITO de fotografia.

Porque é mais o que nos une do que aquilo que nos separa. E porque, simplesmente, gostamos de estar juntos️!

Ana

 

 

14
Set19

Mexer é bom e dá saúde!

Revista Saúda

exercício_

 

A prática regular de actividade física proporciona uma melhoria no bem-estar das crianças e ajuda ao desenvolvimento das suas habilidades psicomotoras e emocionais. Por influência principalmente da Margarida, que adora saltar à corda, jogar à macaca, correr e saltar, o Rodrigo adora mexer-se. É engraçado que tudo serve para fazer exercício: sofás, cadeiras, enfim... Nós apoiamos e colaboramos pois o exercício físico permite desenvolver habilidades de controlo, coordenação, equilíbrio, resistência e agilidade em diversas actividades pessoais e sociais.

 

Hugo

27
Ago19

“Ó malhão, malhão”

Revista Saúda

 

O ‘Malhão’ é uma música que o Rodrigo já canta e dança há imenso tempo. Aliás, sempre que ouve uma música, começa a dançar. Parece ter nascido com o ritmo certo. Sempre que colocamos músicas infantis, ele dança mas, quando chega o Malhão, temos direito a coreografia e tudo.

24
Ago19

Dois anos de muita alegria

Revista Saúda

 

rodrigo_2anos.jpg

 

Todos os dias lutamos para que a alegria e a felicidade façam parte do dia-a-dia da nossa família. Os aniversários são mais momentos de alegria e convívio. O Rodriguinho fez dois anos no dia 22. Com decoração do Panda, a festa foi muito animada. O momento alto da festa foi quando o próprio Panda apareceu para dançar com a criançada. Fazemos tudo para ver os nossos filhos felizes. Que o sorriso seja uma constante e a vida o melhor palco para brincar. Nunca percas essa sede de descobrir e de alegrar tudo. Parabéns, nosso amor pequenino!

 

Os pais e manas que te adoram

 

13
Ago19

Aprender a reutilizar

Revista Saúda

 

Sempre adorei reutilizar produtos. Houve um tempo que o Hugo me dizia que tinha um caixote de lixo em casa, porque aproveitava as cápsulas do café, bocados de tecidos, rolos de papel, garrafas de vidro e de plástico para fazer artesanato e tinha tudo num caixote no escritório. Com o nascimento dos filhos, o tempo ficou reduzido para o artesanato e grande parte das coisas foi para o lixo mas, sempre que possível, fazemos brinquedos e utensílios juntos. Temos um projeto para fazer porta lápis e a Margarida fez uma moldura muito gira com paus de gelado.

07
Mai19

Namorar… só em família

Revista Saúda

mrf19032500028.jpg

 

Há meses que não conseguimos fazer um programa a dois. Também porque não queremos, é verdade. Estamos tão pouco tempo todos juntos que, quando estou de folga, aproveitamos para estar todos juntos. Fazemos programas alargados. Um casal tem de ter um tempo próprio para fortalecer e enriquecer o relacionamento, mas com os filhos tudo se altera. Nós conseguimos, de uma forma salutar, conciliar as coisas. Quando eles vão dormir, temos o nosso tempinho só para os dois.

 

Hugo

15
Mar19

Seduzir é uma arte

Revista Saúda

IMG_20190216_131754.jpg

 

 

O Rodrigo tem umas pestanas lindas e compridas. Aprendeu bastante cedo a piscar o olho, quando lhe pedíamos para fazer olhinhos. Agora já sabe piscar só um, e usa bastante o seu ar de gato. Mete-se com as pessoas na rua, na natação… Se o repreendemos por algum motivo, a primeira coisa que faz é piscar-nos o olho.

 

Hugo

09
Mar19

Fomos ao circo

Revista Saúda

collagemaker_2019221232116207.jpg

 

Num domingo solarengo, o circo veio à cidade. Estava sozinha em casa com os pequeninos e decidi fazer-lhes uma surpresa. A reacção deles foi muito gira. Assim que viu a tenda, a Margarida começou a pular e a gritar bem alto: “Circo, circo, vamos ao circo!”. Curioso, o Rodrigo franziu as sobrancelhas. Agarrou-se ao meu pescoço com ar de quem estava a pensar: “O que é isto?” Mal o sentei, começou a bater as palmas ao som da música. Durante todo o espectáculo, manteve-se atento aos malabaristas e aos palhaços. E adorou ver as meninas suspensas lá no alto. Estava sempre a chamá-las. Também chamava os cães que os vieram cumprimentar e procurar pipocas. Foi um dia muito divertido!

 

Vera

 

02
Mar19

Rodrigo, o encantador

Revista Saúda

 

No Natal ofereceram à Margarida um microfone e desde então tem sido concertos atrás de concertos lá em casa. Todos cantam e encantam, os cortinados abrem o palco para as estrelas que, no final, são aplaudidas de pé. Eu gosto muito de música e, sempre que estou em casa, gosto de colocar música na televisão logo pela manhã. O Rodrigo adora emitir sons e ouvir-se, imita a Margarida em tudo o que ela faz, toca instrumentos, canta… É um menino encantador.

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D