Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

13
Ago18

Noites sem dormir, ou não…

Revista Saúda

Ultimamente a Margarida anda a dormir mais horas seguidas. Mas se a Margarida dorme melhor é o irmão que faz das suas. O Daniel já está no quarto dele e acorda muitas vezes durante a noite. E chama-me: mamã quero leitinho, quero ir para a tua cama, ou simplesmente: mamã, fiz xixi. Qualquer desculpa serve para chamar. Ou seja, as minhas noites são praticamente iguais.

Ana

 

Ana&Daniel172.jpg

 

As minhas noites continuam tranquilas. Tenho uma vantagem o Daniel só chama a mamã. Se eu lá for acudi-lo volto para trás porque ele só quer a mãe. Ainda que eu eventualmente acorde, tenho essa desculpa.

Daniel

 

10
Ago18

Cenas de irmãos

Revista Saúda

1_dia018.jpg

De modo geral o Daniel ainda algum receio de tocar na irmã. Mas de vez em quando esquece-se. E quando damos por ela, vai dar-lhe um abracinho e beijinhos, mas depois puxa-lhe o cabelo. Ou seja, tem uns pequenos eclipses de carinho. 
No carro, por exemplo, ele gosta muito de cantar. E quando a irmã está a chorar, ele canta, canta. Ainda não percebi se é para não ouvir a irmã, se é para acalmá-la, de qualquer forma resulta. E até ela canta um bocadinho com ele. É muito giro de ver. Eu acho que ela está a crescer e ele começa a achar-lhe alguma piada. É engraçado ver essa interacção entre irmãos. A mim deixa-me expectante para o futuro. Não sei qual dos dois é que vai bater mais no outro, mas acho que vai ser muito engraçado ver a dinâmica entre eles.


Ana e Daniel

03
Ago18

Ano novo, vida nova!

Revista Saúda

 

É já em Setembro que a Margarida vai para a escola e estou muito ansiosa. Fico muito triste quando penso que o dia está a aproximar-se. O meu lado emocional não quer que ela vá, mas sei que me vai fazer bem deixá-la ir. Estou a pensar em voltar a trabalhar. Idealmente alguma coisa a partir de casa para manter os horários que tenho com os meus filhos. Quero continuar a ir buscá-los à escola, a estar disponível, se for necessário ficar com eles em casa. Idealmente, vamos ver se é possível na prática. Acho que das primeiras vezes prefiro que seja o pai a levá-la. Há pouco tempo fui deixar o Daniel à escola e custou-me muito deixá-lo. Ele chorou muito, eu chorei muito. Se calhar é mais fácil para mim ser o pai a levar e eu continuo a ir buscá-los.

Ana 

Ana&Daniel193.jpg

 

Brinco que a Ana vai «morrer» quando a Margarida for para a escola. E para aligeirar digo também que para ela sair da barriga dela também custou um bocado. Eu encaro esta nova etapa com bastante tranquilidade. Faz parte do progresso das suas vidas. É assim que eles que eles ganham competências sociais, autonomia, entram no mundo e apanham germes.

Daniel

21
Jul18

Alérgica a meias e sapatos

Revista Saúda

 

Ana&Daniel301.jpg

 

Raramente consigo que a Margarida ande calçada. No máximo fica de meias e sapatos um quarto de hora. Depois irrita-se e tira logo tudo. Principalmente o pé esquerdo. De manhã quando dou com ela está a dormir com as meiazinhas nas mãos. Deve tirá-las a meio da noite. Acontece por acaso o mesmo com os vossos bebés?

Ana

17
Jul18

Amamentar, até quando?

Revista Saúda

Gosto mesmo muito de amamentar a Margarida, mas estou a começar a sentir-me muito cansada. O Daniel e eu não discutimos acerca do assunto, mas temos opiniões diferentes. O intervalo entre uma gravidez e outra foi muito curto e sinto como se estivesse a amamentar há imenso tempo. Tenho mesmo a sensação que não parei desde que o Daniel nasceu. E estou cansada, porque parei durante muito pouco tempo. Foram 16 meses entre os dois nascimentos. Vamos esperar até ao fim do Verão e tentar fazê-lo aos bocadinhos. Ver se a Margarida começa a dormir melhor. Nada me garante que ela vá dormir melhor porque pode deixar a mama e querer biberon, o que dá mais trabalho. Vou dar mais um tempinho.

Ana

Ana&Daniel165.jpg

 

Acho que enquanto a Margarida não tiver dentes, a biologia dela está a indicar que ela ainda está na idade de mamar. Mas não me adianta muito discutir sobre esta temática porque o peito é dela.

Daniel 

13
Jul18

Dormir no colo do pai

Revista Saúda

A Margarida dorme melhor no colo do pai do que no meu. No meu tem sempre a tendência de procurar a maminha. Ele adormece-a muito bem e muito rapidamente.  Ele canta para a ela. Se acontece ela conseguir adormece-la, visto o pijama e fico toda contente e vou descansar. Aproveito para dormir nem que seja meia ou um quarto de hora, o que já é muito bom.  

Ana

Ana&Daniel98.jpg

No colo da Ana, a Margarida acha sempre que “é hora de jantar”. Eu canto para a Margarida. Canto sempre, como sabem, a mesma música que é o «Hey Jude» dos Beatles, o Daniel acompanha porque já sabe o refrão. Pelo menos a parte do lalalalalalala. A letra é fácil e ela aí costuma acompanhar. Acho que é pelo facto de não ser a mãe. E ela perceber que é para aquilo, que é para dormir. Caminho um bocadinho com ela ao colo e ela acaba por desistir. Acho que me estou a vingar porque como ela nasceu prematura e era muito pequenina eu tinha algum medo de lhe mexer. Tinha medo que ela se partisse. Quando adormece no meu colo, eu deixo-a ficar.    

Daniel

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D