Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

08
Jan19

Margarida adorou o Panda e os Caricas

Revista Saúda

margarida.jpg

Os meus filhos adoram o Panda e decidimos ir ao concerto do Panda e dos Caricas. Foi uma tarde muito divertida e os miúdos dançaram e cantaram as músicas que tão bem conhecem. A Margarida, apesar de pequena, gostou tanto ou mais que o irmão. Foi engraçado vê-la, já a adormecer no meu colo, com os olhos fechados e as mãozinhas sempre a bater palmas.

Ana 

07
Jan19

Mamã no comando

Revista Saúda

 

 

mrrjg18112600018.jpg

Cá em casa, a Ana é a planeadora de serviço. O Rodrigo está em casa com uma ama, mas nós é que planeamos as refeições. O jantar é quase sempre o mesmo, comemos todos a mesma comida, não há grandes variações. As actividades para o Rodrigo fazer quando está com a ama acabamos por defini-las em função do que vamos lendo e vendo.
Diogo

05
Jan19

Tudo mudou

Revista Saúda

BebeSaudaDinis_TVC2001.jpg

Nos últimos tempos tudo mudou por causa das minhas novas rotinas. Por diversas vezes, é o Luís que leva o Miguel e o Dinis à escola, enquanto eu fico em casa a despachar-me (tomar banho, vestir) para ir para a farmácia estagiar.
Ao fim do dia, quando chegamos a casa, enquanto o Luís dá atenção ao Miguel, seja a fazer desenhos ou a conversar com ele sobre o que aconteceu na escola, eu foco-me no Dinis. Dou-lhe banho e logo a seguir brinco com ele no quarto.
Ao fim de semana, quando o Luís não está a trabalhar, aproveitamos para namorar um pouco enquanto os “pirralhos” dormem.

Zara

04
Jan19

Ano novo, miúdos para a rua!

Revista Saúda

Farmacéutica.jpg

 

Sair de casa, trocar os écrans por um passeio ao parque, ao jardim ou à biblioteca, é uma óptima resolução para por em marcha,agora, no início do ano.

Os mais pequenos vão divertir-se, gastar energias e dormir melhor.

A chegada do Inverno trouxe o frio, mas vamos lá descomplicar e sair para a rua, bem quentinhos, com várias camadas de roupa, para manter o calor e aproveitar o sol de Inverno.

Porque as defesas se criam em condições “adversas”, deve haver o contacto das crianças com o frio.

Antes de sair de casa aplique um creme nutritivo cold cream no rosto e mãos para proteger a pele das agressões externas.

Na mochila não pode faltar:

  • Stick nutri protector, com cold cream, para aplicar nas maçãs-do-rosto da criança e renovar a aplicação sempre que necessário;
  • Toalhetes;
  • Fraldas;
  • Biberão ou cantil com água;
  • Snack;
  • Gorro e cachecol;
  • Muda de roupa;

E se chuviscar, vista o impermeável, calce umas galochas aos garotos e deixe-os saltar nas poças de água, vale tudo menos ficar com as crianças fechadas o Inverno inteiro!

Luísa Leal, Farmacêutica

www.afarmacêutica.pt

04
Jan19

Visita a Perlim

Revista Saúda

margarida3.jpg

Achámos que seria divertido levar as crianças a Perlim, terra dos sonhos, já que era uma atracção mesmo aqui perto de casa. Os miúdos acharam piada, claro, nós já nem tanto. Foi um evento com muitíssima gente, pequenos e graúdos, com intermináveis filas de espera. O frio que se fez sentir não ajudou.
Vamos esperar que eles cresçam mais um pouco para nos aventurarmos novamente numa experiência semelhante.

Ana

03
Jan19

À descoberta das palavras

Revista Saúda

 

mrrjg18112600001.jpg

O Rodrigo está numa fase de descoberta de palavras. O meu pai chama-se Luís, e ele chama-o de avô «Lú». À minha mãe, Fernanda, diz: «Nana». Também já aprendeu a dizer a letra ‘r’ porque o cão do vizinho chama-se Zorro. Chama-o por «Orro».
Tanto eu como a Ana notamos o contentamento dele quando aprende um som novo. É muito engraçado ver a evolução em duas ou três semanas, um verdadeiro tagarela. Acreditamos, por isso, que ele está a caminho de dizer o próprio nome que não é nada fácil [risos].

Diogo

02
Jan19

“Estou, pai?”

Revista Saúda

20181206_bebe_sauda_rodrigo_fundao_013_MLP_Post di

O Hugo nem sempre está presente. Em Dezembro, esteve na Brigada de Montanha, por isso, não enfeitou a casa nem montou a árvore de Natal connosco. E só veio passar a consoada com a família, depois teve de voltar. Faz parte da rotina… Esta é uma época bastante concorrida na Serra da Estrela. Felizmente, o ano novo já foi passado em família. Nem sempre é fácil gerir a logística sozinha com duas crianças só com dois anos e oito meses e de diferença, mas conto com a ajuda dos meus pais. Nota-se que o Rodrigo também sente muito a falta do pai. Basta ver qualquer coisa quadrada, põe logo na orelha como se fosse um telefone e diz: “Pai, estou, pai?”

Vera

01
Jan19

Os filhos e o casal

Revista Saúda

 

BebeSauda_TVC2795IF.jpg

É inegável: ter filhos muda muito a vida de um casal. Os filhos absorvem muito do nosso tempo e acabam sempre por ser a prioridade.
Já nos tem acontecido, por exemplo, - e até mais do que uma vez – tirar uma manhã ou uma tarde para irmos almoçar juntos enquanto eles estão na escola, mas, de repente, telefonam-nos a dizer: «O Dinis está doente!» ou «O Miguel tem febre», e lá vamos nós buscá-los.
Quando eles estão na escola permite-nos ter tempo e libertar-nos para o resto da vida. É ambíguo dizer isto, mas há, efectivamente, uma necessidade de “desligar” e de termos tempo para as nossas coisas.
Achamos que não é saudável os filhos estarem sempre, e a toda a hora, com os pais. O mundo fica fechado e ficam demasiado apegados a nós.
Luís e Zara

Pág. 4/4

Publicidade

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D