Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

30
Abr18

Semelhanças de família

Revista Saúda

 

_Y3A4430.jpg

Quando nasceu o Rodrigo era muito parecido com o Hugo, mas acontece que, agora, está muito diferente com a pele mais suave, mais branquinha. Nos primeiros três meses todas as pessoas diziam que era parecido com o pai. Eu, em tom de brincadeira, dizia: "Se algum dia alguém disser que o Rodrigo é parecido comigo, eu pergunto: Onde está o meu filho?».

Certo é que o nosso Rodrigo tem algumas expressões minhas, mas tem muitas parecenças com o meu irmão Nelson, e isso é algo que o enche de orgulho. Na nossa família só havia meninas: as nossas sobrinhas Camila, Maria Inês e Margarida. Enfim, o Rodrigo é o "barão" lá de casa. 

IMG-20180409-WA0000 (002).jpg

 

Vera 

 

29
Abr18

Barulho e ruído...

Revista Saúda

 

Numa fase em que já interage bastante com a atmosfera à volta dele, o Dinis tem revelado algum receio a sons mais agudos. Se for um som mais forte ele assusta-se. E apercebemo-nos também que com alguns animais com os quais não está familiarizado ele reage. Faz beicinho e depois chora um bocadinho. Em relação à campainha de casa acho que está habituado ao som e não estranha.

Zara

Dinis_BebeSauda_X3A6359.jpg

 

O Dinis alarma-se com aqueles sons mais inesperados. Um som brusco e agudo. Aquele tipo de som que até a nós adultos nos assusta. Ele tem medo desses sons mais fortes, com alguma intensidade. Até porque toda esta banda sonora do quotidiano é um mundo novo para ele. 

Luís

  

26
Abr18

A careta

Revista Saúda

 

20180418_140545.jpg

 O Rodrigo é um bebé muito bem disposto e que gosta muito de estar com pessoas. Gosta de estar constantemente a sorrir e a tentar provocar sorrisos nos outros. Nas últimas semanas aprendeu a fazer uma careta que tem tido o dom de provocar os sorrisos de quem o rodeia. Como tem funcionado muito bem, ele passou a fazer a careta sempre que quer comunicar com alguém e posso dizer que tem sido muito bem sucedido.

Diogo

24
Abr18

É tão bom vê-lo crescer...

Revista Saúda

20180410_141742.jpg

O Rodrigo já começou a gatinhar. Numa fase inicial gatinhava apenas para trás o que era bastante engraçado de assistir, depois aprendeu a fazer círculos e, finalmente, após cerca de duas semanas começou a gatinhar também para a frente.Têm sido uns dias bem divertidos e agitados, já que agora ele anda constantemente a explorar o espaço que o envolve. A motricidade é realmente algo muito importante e dá para ver que ele está satisfeito com o facto de agora poder tomar mais decisões.

Diogo

23
Abr18

Cuidados na hora de dormir

Revista Saúda

 

Quando o Rodrigo estava só a leite materno, dava-lhe banho mesmo antes dele ir dormir e ele ficava mais sereno. Agora não, dou-lhe banho antes de jantar. A luz que temos no quarto não é muito intensa, porque não é saudável, nem para ele nem para nós. Temos apenas o candeeiro, que é média luz. Não temos outros cuidados especiais à hora de dormir. Dou-lhe maminha e ele adormece ao peito. Normalmente adormeço com ele na cama e depois é o pai que o deita na cama dele.

Vera   

ANF_bebe_Fundão_36.jpg

Penso que não é preciso fazer grande silêncio na hora de deitar os bebés. «Agora ninguém pode falar porque o menino vai adormecer!» Fazemos a nossa vida perfeitamente normal. A Margarida vai continuar a brincar na divisão em que estiver. Se o mano tiver que adormecer ao peito junto da mãe no quarto adormece, sem qualquer influência externa. Continuamos ao nosso ritmo e ele terá que habituar-se e conseguir adormecer. Evidentemente que não fazemos brincadeiras que o excitem a essa hora para ele ficar mais molengão como o pai. Quando acaba de comer fica mais sonolento e só quer é dormir. 

Hugo

Pág. 1/4

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D