Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

14
Dez18

Filho com mão leve

Revista Saúda

 

BebeSauda_Dinis_IMG_7571.jpg

Ultimamente, o Dinis tem reagido aos momentos de frustração com mão leve. Bate em qualquer pessoa que esteja por perto. Isso acontece quando o irmão está a pintar ou brincar com legos. Ele aproxima-se deitando o jogo abaixo ou tirando-lhe as canetas.
Na escola tem acontecido o mesmo. Foi-nos dito que ele bate em outros miúdos quando têm os brinquedos que ele quer. Ele responde levantando a mão e batendo. Quando o repreendemos, ele ri-se e continua a fazer mais. Parece-nos que ele acha que está numa brincadeira, e ainda não tem noção do bem e do mal. Vamos esperar que passe, e continuar a fazê-lo ver que essa não é uma atitude correcta.
Zara e Luís

13
Dez18

Ao cuidado da ama

Revista Saúda

 

mrrjg18112600011.jpg

Inicialmente tínhamos inscrito o Rodrigo numa creche, mas, entretanto, o proprietário vendeu o edifício e a creche deixou de existir. Acabámos por contratar uma ama para estar em casa. Como seguimos a filosofia Montessori costumamos indicar um conjunto de actividades para o Rodrigo fazer durante o dia, de forma livre e sem grande exigência de horários como é costume acontecer numa creche.
Por outro lado, ao ficar com a ama em casa ele não fica tantas vezes doente. Uma coisa essencial é o Rodrigo ir todos os dias à rua ao parque ou dar um passeio.
No período da manhã, que é quando temos uma pessoa a cem por cento dedicada a ele, as actividades são mais estruturadas enquanto à tarde ele fica mais à vontade. Por exemplo, a Adriana pode estar na cozinha e o Rodrigo fica junto a ela na torre de aprendizagem. Isso permite-lhe ver como é que os legumes são cortados, entre outras tarefas.
Ana e Diogo

12
Dez18

Parabéns filha

Revista Saúda

 

20181206_bebe_sauda_rodrigo_fundao_003_MLP.jpg

A 10 de Dezembro fizeste quatro anos. Quatro anos de um amor impossível de descrever. A Margarida tem algo especial que cativa qualquer pessoa. Desejamos que ela continue a ser sempre feliz, com aquele sorriso contagiante. Muitos parabéns princesa linda do nosso coração. Que o teu dia seja repleto de magia e todos os teus sonhos se realizem. Um Grande beijinho da mãe, do pai, da mana Ritinha e do mano Rodriguinho.

Vera 

 

10
Dez18

Férias fazem sempre bem

Revista Saúda

 

5338dcb5-b870-4801-aecc-382648668705.JPG

 

Aproveitámos o feriado de 5 de Outubro para umas miniférias. Fomos conhecer sítios novos na zona de Leiria e rever amigos. Até fomos a Fátima que andávamos para visitar desde o nascimento do Rodrigo. A Margarida adorou conhecer a história dos três pastorinhos, visitámos a casa deles, em Aljustrel. Fomos ao Museu de Cera e acabámos na capelinha das Aparições. Neste local há uma mistura de emoções e fé. Conseguimos descontrair, já que o descanso com os pequenos é sempre escasso.

Vera e Hugo

09
Dez18

Filho relações públicas

Revista Saúda

mrrjg18112600017.jpg

O Rodrigo é um menino muito sociável. Desde muito cedo começou a interagir e a falar com quem o rodeia. Vamos na rua e ele diz «Olá!» a toda a gente. Parece estar sempre em campanha eleitoral [risos]. Se entramos num restaurante cumprimenta todas as pessoas. É uma espécie de relações públicas sendo que, às vezes, até chega a pedir colo abrindo os braços. Quiçá, é um político em ascensão! [gargalhadas]
Costumo dizer que ele comporta-se desta maneira porque está a tentar ser adoptado por outra família, mas não vai resultar. [risos]
Ana e Diogo

07
Dez18

Viajar com os mais novos

Revista Saúda

 

Farmacéutica.jpg

 

Viajar com os mais pequenos, sair da rotina, conhecer um novo lugar, experimentar coisas novas e experienciar emoções, é proporcionar aos mais pequenos o desenvolvimento de aptidões, que o pacote de uma viagem envolve.

Se está a planear viajar com as crianças no inverno, antes de começar a fazer as malas, consulte a previsão meteorológica no destino. Opte por levar apenas, o número de mudas de roupa para os dias da estadia, mais uma. Leve os produtos de higiene diária, como o creme de banho, o hidratante corporal e o creme da muda da fralda em tamanhos mais pequenos.

 Na mochila deve guardar, além do brinquedo preferido, o gorro, o cachecol e as luvas, que vão proteger as zonas do corpo mais expostas ao frio. Leve consigo o batom do cieiro e o cold cream, renovando a sua aplicação no rosto e nas mãos. Uma embalagem de toalhetes em formato pocket deve andar sempre à mão.

Os miúdos adoram explorar os novos lugares, e por vezes além de colecionarem memórias, trazem um arranhão de recordação.

No kit farmácia em de viagem, não pode faltar o soro fisiológico para limpar a ferida, o spray antisséptico, o creme cicatrizante e os pensos rápidos. Junte o termómetro, a água do mar em caso de congestão nasal, e o medicamento para a dor e febre.

Quando chegar ao destino guarde o kit num local fresco e seco, longe das crianças e… desligue o complicómetro, aproveite as férias!

Luísa Leal, Farmacêutica

www.afarmacêutica.pt

 

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D