Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

09
Out17

Sete horas de viagem

Bebé Saúda

Foram muito giras as primeiras férias da Margarida. A ida correu bem. Fizemos a viagem em duas etapas. Dormimos uma noite em Ferreira do Alentejo. À ida a Margarida portou-se muito bem, chorava quando tinha fome. O Daniel (filho) está sempre muito bem-disposto e já não dá trabalho. O regresso foi uma chatice. A Margarida chorou imenso. Estivemos duas horas parados numa estação de serviço porque a Margarida não parava de chorar e nós não sabíamos o que ela tinha. Enfim, é um bebé e às vezes não sabemos do que se queixam. Quando ela parou de chorar e sossegou, seguimos viagem. Foi um bocadinho difícil. Como a viagem para sul tinha corrido bem achámos que não era preciso parar. «Vamos à aventura com os dois», pensámos. Fizemos uma viagem de sete horas o que para duas crianças pequenas é muito tempo. Quando se viaja com bebés a velha máxima devagar se vai ao longe deve ser seguida à risca.

Ana

20659061_IJMVQ.jpeg

 

As férias foram curtas. Foi uma experiência com coisas boas, mas a viagem de regresso foi tão má que tão cedo não quero pensar em ir com a Margarida para lado nenhum. Porque foi uma coisa tremenda. Para lá fizemos a viagem intervalada, ela acabou por se ressentir menos, e demonstrou menos o desagrado de estar na cadeirinha tanto tempo. Não foi o calor porque íamos com o ar condicionado ligado, as janelas tapadas e ela não apanhava luz solar. Ia num ambiente climatizado, mas foi muito tempo deitada no mesmo sítio. Por muito que se pare durante o caminho. No regresso devemos ter parado em 80% das estações de serviço que existem do Algarve ao Furadouro. De 30 em 30 quilómetros tínhamos que parar. Foi mesmo a viagem que não se deseja a ninguém.

Daniel

Publicidade

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D