Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de Amor

Blogue das aventuras de quatro bebés e os conselhos de um pediatra.

Histórias de Amor

30
Jan18

Os guardiões do Rodrigo

Bebé Saúda

 

O coelhinho de peluche e este anjinho da guarda são dois dos guardiões do Rodrigo e foram-nos oferecidos por uma amiga bombeira chamada Maria de Deus, que é também guia do grupo de peregrinação de Silvares a Fátima. O coelhinho achei-o tão mimoso que o levei comigo na mala para a maternidade. Também foi oferecido por ela o anjinho está desde a primeira hora à cabeceira do Rodrigo.

Vera 

28
Jan18

Os Sentimentos do Avô Delfim

Bebé Saúda

Hoje passo a palavra ao meu pai Delfim Gonçalves.

Ana

_MG_3074.jpg

 

Não me lembro de ter grandes brincadeiras com a minha filha Ana. Naquela época ela ficava mais com a mãe.  Eu era muito novo e hoje parece que vejo tudo com mais calma. Quando tive a minha Ana, tinha 21 anos. Agora tenho mais vagar para estar com os meus netos. O Daniel gosta de ir comigo ver os gatos, jogar à bola e ir ao café. Chama-me ‘avô Bilha’ porque tenho o gabinete cheio de bolas para ele brincar.  

Já a Margarida acho-a tão fragilzinha que nem gosto muito de pegar nela. Se lhe peguei três vezes foi muito. Enquanto for assim pequenina tenho um bocado de receio de lhe pegar. Mas desde que ela começou a rir-se já é mais fácil meter-me com ela.

Delfim Gonçalves (avô Bilha)

25
Jan18

Bronquiolite como combatê-la

Bebé Saúda

201710Dinis_BebeSauda_B9A7375.jpg

 

Aos 7 meses o Dinis adoeceu pela primeira vez. Começou com tosse, expectoração e febre perto dos 39ºC. A lavagem do nariz com spray de água do mar hipertónica é bastante eficaz e descongestionante, assim como a aspiração nasal. No segundo dia ele estava pior, muito prostrado, sem reacção, apetite e em dificuldade respiratória. Fomos ao pediatra e o diagnóstico foi bronquiolite. Foi prescrita a medicação indicada para estas situações: um mucolítico e um broncodilatador inalatório para alternar com o soro fisiológico. 
Uma das características desta patologia é a intermitência entre a melhoria e o agravamento dos sintomas. Num dia parece estar a recuperar, mas depois volta a piorar. Foi o que aconteceu durante uma semana com a cabeceira cheia de medicamentos e medidas para ajudar o Dinis a recuperar. Podemos dizer que estamos munidos de medicação se isto voltar a acontecer ao longo do Inverno que se aproxima.

Luís 

23
Jan18

O balanço da minha licença

Bebé Saúda

 

 

_MG_2978.jpg

 

Sou uma pessoa muito activa e passar muito tempo fechada em casa não é coisa que me preenchesse a 100%.  Ao longo da licença tentei sempre estar com os nossos amigos e convidar pessoas para me virem fazer companhia. Havia dias que tinha amigos a almoçar cá em casa outros em que íamos passear, porque sinto que me faz bem o contacto. Houve sempre aquele momento em que ia ao computador e a minha equipa dava-me feedback do trabalho. Nunca me consegui desligar completamente do mundo social, nem do mundo do trabalho. Sempre tentei que esse mundo permanecesse, sendo que 95% da minha atenção estava virada para o Rodrigo. Ao longo dos meses fomos descobrindo algumas rotinas que podíamos fazer a dois ou a três. Ajuda o facto de usar o pano que amarro junto mim e ele adormece instantaneamente. Por isso ele nunca foi impeditivo que andasse pela casa a arrumar ou até preparar o almoço. Há uma gelataria ao pé de casa e íamos (e continuamos a ir) comer gelados com amigos. Vamos também muito ao Careca (pastelaria). Em simultâneo consigo passar horas com ele, a namorar e continuar com actividades que me fazem bem, e onde o posso incluir. Uma coisa que era ponto assente era tentar manter a Ana que existia, antes do Rodrigo nascer. Acho que esse tem sido o segredo para uma maternidade plena e feliz. 

 Ana

Pág. 1/4

Publicidade

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D